Nossa Senhora dos Navegantes

Nossa Senhora dos Navegantes

Maria é geralmente comparada à Estrela do Mar que protege os navegantes, mostrando-lhes o melhor abrigo e também o porto da eterna salvação. Esta comparação teve início durante a Idade Média, no tempo das Cruzadas, quando os cristãos atravessaram o Mediterrâneo em demanda da Palestina, a fim de defenderem os lugares santos da profanação dos infiéis. Eles tinham sempre na memória a lembrança das terríveis travessias marítimas que enfrentavam as frágeis embarcações da época, por isso recorriam ao patrocínio de Maria, quando se viam a mercê das ondas.
História Nossa Senhora dos Navegantes

Maria é geralmente comparada à Estrela do Mar que protege os navegantes, mostrando-lhes o melhor abrigo e também o porto da eterna salvação. Esta comparação teve início durante a Idade Média, no tempo das Cruzadas, quando os cristãos atravessaram o Mediterrâneo em demanda da Palestina, a fim de defenderem os lugares santos da profanação dos infiéis. Eles tinham sempre na memória a lembrança das terríveis travessias marítimas que enfrentavam as frágeis embarcações da época, por isso recorriam ao patrocínio de Maria, quando se viam a mercê das ondas.

No tempo das grandes navegações, esta devoção desenvolveu-se ainda mais entre os navegantes portugueses e espanhóis, que se aventuravam no oceano imenso e desconhecido. Antes da partida das caravelas, os viajantes assistiam a Santa Missa e imploravam a proteção da Mãe dos Navegadores nas perigosas jornadas de além-mar.

Inúmeras invocações eram gravadas nas popas dos barcos, os quais sempre traziam uma efígie da Rainha dos Mares no nicho do castelo de proa, iluminada por pequena lâmpada, que o fervor da marujada não deixava apagar.

Como é natural, logo chegou ao Brasil a devoção dos homens do mar, sob os vários títulos conferidos à Padroeira Celestial: Senhora dos Mares, da Boa Viagem, dos Navegantes, esta última invocação era e é a mais usada pelos pescadores, homens modestos que diariamente enfrentavam o furor das ondas à procura do sustento próprio e de suas famílias, a prova disto é que os mais conhecidos Santuários de Nossa Senhora dos Navegantes em nosso país estão situados nas zonas de pescaria.

Em todos esses núcleos de pescadores a festa da Padroeira é celebrada com animadas procissões marítimas, precedidas da embarcação que leva a Virgem Maria, talvez por esse motivo Nossa Senhora dos Navegantes seja geralmente representada de pé, dentro de uma barca, tendo o Menino Jesus nos braços. A nossa Festa de Nossa Senhora dos Navegantes tem sua tradição deste a criação da Igreja em 1953, na qual recebe o mesmo nome.

Esta festa surgiu com o intuito do povo louvar a Santa e pedir proteção pelas pessoas que navegam e se banhavam na represa, por ocasião da festa o povo mais humilde, mas de uma fé incomparável fazia seus pedidos, acendia velas e colocava na água enquanto a procissão náutica passava, tornando assim uma festa de fé e beleza.

Oração à Nossa Senhora dos Navegantes

Ó Nossa Senhora dos Navegantes, Santíssima Filha de Deus, criador do céu, da terra, dos rios, lagos e mares; protegei-me em todas as minhas viagens. Que ventos, tempestades, borrascas, raios e ressacas não pertubem a minha embarcação e que nenhuma criatura nem incidentes imprevistos causem alteração e atraso na minha viagem ou me desviem da rota traçada. Virgem Maria, Senhora dos Navegantes, minha vida é a travessia de um mar furioso. As tentações, os fracassos e as desilusões são ondas impetuosas que ameaçam afundar minha frágil embarcação no abismo do desânimo e do desespero. Nossa Senhora dos Navegantes, nas horas de perigo eu penso em vós e o medo desaparece; o ânimo e a disposição de lutar e de vencer torna a me fortalecer. Com a vossa proteção e a bênção de vosso Filho, a embarcação da minha vida há de ancorar segura e tranqüila no porto da eternidade. Nossa Senhora dos Navegantes, rogai por nós. Amem!
Vídeos Grátis
www.Igreja-Catolica.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!