Milagres de Nossa Senhora

Milagres de Nossa Senhora

"Saiba e entenda que você é o mais humilde de meus filhos. Eu, a sempre Virgem Maria., Mãe do Deus vivo, por quem nós vivemos, do Criador de todas as coisas, Senhor do céu e da terra, desejo que um templo seja construído aqui, rapidamente; então Eu poderei mostrar todo o meu amor, compaixão, socorro e proteção, porque Eu sou a vossa piedosa Mãe e de todos os habitantes dessa terra, e de todos os que me amam, invocam e confiam em mim. Ouço todos os seus lamentos e amenizo todas as suas misérias, aflições e dores."

MILAGRES DE NOSSA SENHORA

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

O MILAGRE DO SOL

Na aparição da Virgem Maria aos três pastorinhos, quando Ela revelou o "Segredo de Fátima", também prometeu aos três que Deus faria um grande milagre em sua próxima aparição no dia 13 de Outubro de 1917 e assim aconteceu.
Na presença de 70.000 testemunhas, foi realizado um grande milagre no céu acima de Fátima no momento exato e no local preciso que as crianças haviam indicado anteriormente. As testemunhas contam que o sol começou a dançar no céu e parecia que ia cair na terra antes de retornar ao seu lugar normal no céu.

Milagres de Nossa Senhora

Este acontecimento é conhecido como o "Milagre do Sol" e tem sido caracterizado como o maior acontecimento sobrenatural do Século 20. Este acontecimento não pertence apenas ao domínio da fé, mas, também, ao da ciência, além de ter sido um acontecimento histórico.

A Igreja Católica endossa oficialmente a Mensagem de Fátima por ser "digna de crédito" desde 1930.


MILAGRES DE NOSSA SENHORA
VIRGEM DE GUADALUPE - MÉXICO

Milagres de Nossa Senhora

Nossa Senhora, Patrona das Américas, apareceu para o índio Juan Diego, em 9 de dezembro de 1531, no México e estava seguindo seu caminho pela montanha para ir ao culto Divino e a Catequese. De repente ele ouviu cantos e começou a olhar para a montanha de onde vinha o canto celestial, quando tudo ficou em silêncio. Então, ouviu uma voz dizendo:

Juanito, Juan Dieguito!...

Ele, com coragem, foi ver quem o chamava, e subiu até lá. Quando alcançou o topo, viu uma Senhora, que estava parada e falou para ele se aproximar. Seu vestido era radiante como o sol e o penhasco onde estavam seus pés, penetrado com o brilho, assemelhava-se a uma pulseira de pedras preciosas, e a terra a sua volta cintilava como um arco-íris.

A Senhora disse-lhe suavemente:

"Juanito, o mais humilde dos meus filhos, onde você está indo?" ele respondeu que se dirigia à Sua igreja. Ela então lhe disse:

"Saiba e entenda que você é o mais humilde de meus filhos. Eu, a sempre Virgem Maria., Mãe do Deus vivo, por quem nós vivemos, do Criador de todas as coisas, Senhor do céu e da terra, desejo que um templo seja construído aqui, rapidamente; então Eu poderei mostrar todo o meu amor, compaixão, socorro e proteção, porque Eu sou a vossa piedosa Mãe e de todos os habitantes dessa terra, e de todos os que me amam, invocam e confiam em mim.Ouço todos os seus lamentos e amenizo todas as suas misérias, aflições e dores. E para realizar o que a minha clemência pretende, vá ao palácio do bispo do México, e diga-lhe que eu manifesto o desejo de que aqui neste lugar seja construído um templo para mim. Você dirá exatamente tudo o que viu."

O índio inclinou-se diante dela e disse: Minha Senhora, estou indo cumprir a tua vontade.

Juan Diego foi direto ao palácio do bispo, e lá esperou por muito tempo. Finalmente o bispo o atendeu, e ele contou-lhe tudo o que tinha visto e ouvido. Mas o bispo, incrédulo, disse-lhe: Volte depois, meu filho. Eu lhe ouvirei com muito prazer.

Juan Diego saiu triste porque a mensagem não se realizou. Ao retornar, no mesmo dia, foi diretamente ao topo da montanha encontrar-se com a Senhora do Céu, que o esperava no mesmo lugar onde tinha aparecido.

Vendo-a, prostrou-se diante dela e disse: Senhora, a caçulinha de minhas filhas, minha menina, eu fui onde você mandou para levar sua mensagem. O bispo recebeu-me e ouviu-me atentamente. Mas quando me respondeu, pareceu não acreditar, e me disse para voltar depois. Por isso, encarecidamente, peço-lhe, Senhora e minha criança, que instrua alguém mais importante para que acreditem. A Virgem Maria respondeu:

"Escuta meu filho caçula, você deve entender que Eu tenho vários servos e mensageiros, aos quais Eu posso encarregar de levar a mensagem e executarem o Meu desejo. Mas Eu quero que você mesmo o faça. Eu, fervorosamente, imploro, meu caçula. E com severidade, Eu ordeno que amanhã volte novamente ao bispo. Você vai em meu nome e faça saber o meu desejo: que ele inicie a construção do templo, como Eu pedi. Eu pessoalmente, a sempre Virgem Maria, Mãe do Deus vivo, lhe ordenei."

No dia seguinte, Juan Diego foi ao palácio do bispo e, novamente, esperou muito para ser atendido. O bispo lhe atendeu, novamente não acreditou na mensagem do índio. Disse que só atenderia seu pedido se a própria Virgem Maria enviasse um sinal.
Juan Diego voltou para a montanha e contou para a Bela Senhora o que o bispo tinha dito. A virgem, após ouvir, disse-lhe:
"Muito bem, meu queridinho. Você retornará aqui amanhã, então levará ao bispo o sinal por ele pedido."

No dia seguinte, Juan Diego encontrou seu tio, muito doente, que lhe pede para que ele vá buscar um sacerdote, para receber as bênçãos antes de morrer. Então, Juan Diego foi buscar o sacerdote, e ao passar pela montanha, lembrou-se do que a Bela Senhora lhe havia pedido, e desviou o caminho por baixo da montanha, pois pensou que se seguisse o caminho normal, a Senhora o estaria esperando, e teriaque levar o recado ao bispo."Ele deu várias voltas,mas foi em vão, pois Ela o esperava e disse-lhe:

"O que há, meu caçula? Onde você está indo?"

Juan Diego estava aflito e assustado, e contou a Senhora que seu tio estava muito doente, e ele iria buscar um sacerdote e que depois levaria a mensagem ao bispo. A Virgem respondeu:

"nada deve te afligir ou perturbar. Eu não estou aqui? Quem é sua Mãe? Você não está sob Minha proteção? Eu não sou sua saúde? Você não está feliz com meu abraço? O que mais pode querer? Não te aflija pelo seu tio, ele não morrerá por esta enfermidade. Ele está curado, tenha certeza."

A senhora ordenou que Juan Diego subisse a montanha onde anteriormente haviam se encontrado, e disse:

"Juan, meu caçula, vá ao topo da montanha, corte diferentes flores e traga-as na minha presença."

Prontamente Juan fez o que a Senhora o havia pedido. Ao chegar ao topo, ele se espantou com a variedade de flores (fora de época), pois era dezembro, mês de inverno rigoroso. Ele voltou e entregou as diferentes rosas para a Bela Senhora do Céu, que, ao vê-las, tocou-as com suas mãos e disse:

"Meu caçula, essa variedade de rosas é a prova e o sinal que você levará ao Bispo. Disse-lhe que as embrulhasse em sua tilma (certo tipo de capa),mas somente a abrisse na presença do bispo."

Juan Diego foi novamente até o bispo, e, de novo, esperou por muito tempo. As pessoas que por ali estavam acharam curioso ele estar esperando o bispo com alguma coisa enrolada na tilma e levaram sua curiosidade ao bispo.

O bispo curioso ordenou a entrada do índio. Ao entrar, Juan Diego disse: A Senhora do Céu mandou-lhe o sinal pedido, pedindo-me para entregar-lhe estas flores, receba-as. Desenrolou a tilma onde estavam as flores, e estas se espalharam no chão. Na tilma do índio apareceu desenhada a preciosa imagem da sempre Virgem Maria, Mãe de Deus, da mesma maneira como hoje ela á guardada no templo de Tepeyacac, chamada Guadalupe.

Quando o bispo viu a imagem, ele e todos que estavam presentes caíram de joelhos. O bispo, profundamente arrependido, chorava rezando e pedindo perdão por não ter atendido seu desejo.
No dia seguinte, o bispo foi ver com Juan Diego o local onde a Senhora do Céu desejava que fosse erguido seu templo.

MILAGRES DE NOSSA SENHORA
MILAGRE DOS OLHOS DA VIRGEM

Milagres de Nossa Senhora

Quatro séculos depois da aparição da imagem de Nossa Senhora no México, vários cientistas analisaram a imagem que está estampada na tilma do índio, que se encontra na basílica de Guadalupe, e descobriram outro milagre.

Nos olhos da imagem da Virgem Maria, pode-se ver refletida a imagem do índio Juan Diego; e nos olhos do índio, a imagem das pessoas que presenciaram o fato.
O oftalmologista Aste Tonsmann, cuja profissão era a de captar as imagens da terra transmitidas por satélites, digitalizou, no ano de 1980, a imagem da Virgem de Guadaluope, aumentando-a 2000 vêzes. Os resultados foram surpreendentes.

Os pormenores revelados na imagem são: um índio no ato de desdobrar sua tilma perante um franciscano; o próprio franciscano, em cujo rosto se vê uma lágrima; uma pessoa muito jovem, com a mão sobre a barba com ar de consternação; um índio com o dorso descoberto em atitude quase orante; uma mulher de cabelo crespo, provavelmente negra, serviçal do bispo; um varão, uma mulher e crianças; e outros religiosos com hábito franciscano.

Como vemos, a cena retratada do encontro do índio com o bispo, episódio este relatado em língua náhualt por um anônimo indigina na primeira metade do século XVI e editado em náhualt e em espanhol por Lasso de La vega em 1649.

Vídeos Grátis
www.Igreja-Catolica.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!