Vela Virtual Nossa Senhora Aparecida

Vela Virtual Nossa Senhora Aparecida

Palavras da Virgem para sua filha sobre a solução oportuna para as dificuldades que o bispo encontrará no caminho estreito, e sobre como a paciência é simbolizada pelo vestuário e os dez mandamentos, por dez dedos, e o desejo de eternidade e a aversão pelas coisas mundanas por dois pés, e sobre três inimigos para o bispo em seu caminho.
Vela Virtual Nossa Senhora Aparecida

Palavras da Virgem para sua filha sobre a solução oportuna para as dificuldades que o bispo encontrará no caminho estreito, e sobre como a paciência é simbolizada pelo vestuário e os dez mandamentos, por dez dedos, e o desejo de eternidade e a aversão pelas coisas mundanas por dois pés, e sobre três inimigos para o bispo em seu caminho.

Livro 3 - Capítulo 2
As Profecias e Revelações de Santa Brígida da Suécia


Novamente a mãe de Deus fala: "Dize ao bispo que, se ele partir por este caminho, ele irá encontrar-se com três dificuldades. A primeira dificuldade é que é um caminho estreito; o segundo, que não existem espinhos pontiagudos nele; o terceiro, que é um caminho rochoso e desnivelado. Dou-lhe três conselhos nesta matéria. A primeira é que o bispo deverá vestir roupas robustas e firmemente tecidas em preparação para o caminho estreito. A segunda é que ele deveria manter seus dez dedos na frente de seus olhos e olhar através delas, como através de grades para não se ser arranhado pelos espinhos.

A terceira é que ele deve caminhar cautelosamente e testar cada e todo passo que ele der para ver se o seu pé obtém uma posição firme quando ele o firmar no chão, e ele não deve apressadamente pôr ambos os pés ao mesmo tempo sem primeiro assegurar-se das condições do caminho. Este caminho estreito simboliza senão a malícia do povo malvado em relação aos justos, o tipo de pessoas que despreza atos corretos e perverte os caminhos e avisos retos dos justos, que dá pouco valor a qualquer coisa relacionada a humildade e piedade. Para enfrentar essas pessoas, o bispo deve vestir-se em traje de paciência firme, uma vez que paciência torna encargos agradáveis e alegremente aceita os insultos que recebe.

Os espinhos simbolizam nada mais do que as dificuldades do mundo. Para confrontá-los, os dez dedos dos mandamentos e conselhos de Deus e devem ser mantidos para que, quando o espinho de provações e pobreza o arranharem, ele possa lembrar-se do sofrimento e a pobreza de Cristo. Quando o espinho da ira e da inveja o arranharem, ele deve lembrar-se do amor de Deus que nós somos ordenados a guardar. O verdadeiro amor não insiste em obter o que é seu mesmo, mas abre-se inteiramente para a glória de Deus e ao benefício do próximo.

Que o bispo deve caminhar cautelosamente significa que ele deva ter toda uma atitude de prudência inteligente em todo lugar. Porque uma boa pessoa deve ter dois pés, por assim dizer. Um pé é um desejo de eternidade. A outra é uma aversão pelo mundo. Seu desejo de eternidade deve ser cauteloso, no sentido de que ele não deve desejar coisas eternas para si próprio sozinho como se ele fosse digno delas; ao contrário, ele deve colocar todos os seus afetos e desejos, bem como sua recompensa nas mãos de Deus. Sua aversão para o mundo deve ser cautelosa e cheia de temor, no sentido de que esta aversão não deve ser resultado de suas dificuldades no mundo ou impaciência com a vida, nem deve ser pelo amor a uma mais vida calma ou sendo liberado de realizar trabalho benéfico para outros. Pelo contrário, só deverá ser o resultado de seu repúdio pelo pecado e seu desejo de eternidade.

Uma vez que estas três dificuldades forem superadas, eu avisaria o bispo sobre três inimigos no seu caminho. Como vês, o primeiro inimigo tenta assobiar nos ouvidos do Bispo para bloquear a sua audição. O segundo está na sua frente para arrancar seus olhos. O terceiro inimigo está a seus pés, gritando bem alto e segurando um laço para prender seus pés, quando ele os levantar do chão. O primeiro são aquelas pessoas ou aqueles impulsos que tentam afastar o bispo do caminho certo, dizendo: “ por que assumes tanto trabalho sobre ti mesmo e por que razão tornas teu caminho tão estreito? Vai, em vez disso, para o caminho verdejante onde tantas pessoas estão a andar. O que te importa como esta pessoa ou aquelas pessoas se comportam? Por que te incomodas a ofender ou censurar as pessoas que poderiam homenagear-te e gostar de ti ? Se eles não ofenderem a ti e aqueles perto de ti, por que te importas com o modo que vivem ou se ofendem a Deus? Se tu mesmo és um homem bom, por que te incomodas em julgar os outros? Melhor trocar presentes e serviços! Faze uso das amizades humanas para ganhar elogios e uma boa reputação durante tua vida. "

O segundo inimigo quer cegar-te, como os filisteus fizeram a Sansão. Esse inimigo é beleza e pertences mundanos, vestuário suntuoso, as armadilhas da pompa, privilégios e favores humanos. Quando tais coisas são apresentadas a ti e agradam aos olhos, a razão é cegada, os mandamentos de Deus se tornam fracos e mornos, pecado é cometido livremente e, uma vez cometido, não é levado a sério. Portanto, quando o bispo tem um moderado suprimento de bens necessários, ele deve ficar contente. Pois todas as demais pessoas hoje em dia acham mais agradável a ficar com Sansão com o jugo do desejo em vez de amar a Igreja com uma disposição louvável para o ministério pastoral.

O terceiro inimigo grita bem alto , carrega um laço e diz: “ por que estás andando com tal cuidado e com a cabeça inclinada para baixo? Por que razão te humilhas tanto, tu que deves ser e poderias ser homenageado por muitas pessoas? Sê um sacerdote para te sentares entre aqueles da elite! Sê um bispo para seres homenageado por muitos! Avança a postos superiores para obteres melhor serviço e desfrutares de um maior descanso! Armazena um tesouro com os quais podes ajudar a ti mesmo, bem como a outros, e ser confortado por outros como retribuição, feliz onde quer que estejas! "

Quando o coração torna-se inclinado a esses sentimentos e sugestões, a mente em breve dirige seus passos na direção de apetites terrenos e mundanos, levantando o pé como se fosse o pé do desejo mais imoral , com o que ele fica tão enredado na armadilha de cuidados mundanos que praticamente não consegue se elevar à consideração da sua própria miséria ou das recompensas e castigos de eternidade. Nem isso é surpreendente, pois a escritura diz que quem aspira à função de bispo deseja uma tarefa nobre para a honra de Deus. Agora, contudo, há muitos que querem as honras mas fogem à tarefa em que é encontrada a eterna salvação da alma. Por isso que este bispo deverá permanecer na posição que ele detém e não procurar uma mais elevada, até que Deus lhe queira dar outra."

Clique aqui para ler mais.
As Profecias e Revelações de Santa Brígida da Suécia

Vídeos Grátis
www.Igreja-Catolica.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!