Igreja Nossa Senhora do Brasil

Igreja Nossa Senhora do Brasil

Palavras poderosas de Cristo à esposa sobre os cavaleiros da atualidade; sobre a maneira correta de formar cavaleiros e sobre como Deus concede força e ajuda a eles em suas ações.
Igreja Nossa Senhora do Brasil

Palavras poderosas de Cristo à esposa sobre os cavaleiros da atualidade; sobre a maneira correta de formar cavaleiros e sobre como Deus concede força e ajuda a eles em suas ações.

Livro 2 - Capítulo 13
As Profecias e Revelações de Santa Brígida da Suécia


Eu sou um único Deus com o Pai e o Espírito Santo em uma trindade de pessoas. Nenhum dos três pode ser separado ou dividido dos outros, mas o Pai está em ambos, no Filho e no Espírito, o Filho está em ambos, no Pai e no Espírito e o Espírito está em ambos. A Divindade enviou sua Palavra à Virgem Maria através do anjo Gabriel. Também o mesmo Deus, enviando e sendo enviado por si mesmo, estava com o anjo, estava em Gabriel, e estava com a Virgem antes de Gabriel. Depois que o Arcanjo entregou sua mensagem, a palavra se tornou carne dentro da Virgem. Eu, que falo contigo, sou essa Palavra.

O Pai me enviou através dele mesmo juntamente com o Espírito Santo para o útero da Virgem, embora não de forma que os anjos ficassem sem a visão e a presença de Deus. Eu, o Filho, que estava com o Pai e o Espírito Santo no ventre da Virgem, permaneci o mesmo Deus na visão dos anjos no Céu juntamente com o Pai e o Espírito Santo, governando e sustentando todas as coisas. Entretanto, a natureza humana assumida pelo único Filho ficou no útero de Maria. Eu, que sou um só Deus em minha natureza divina e humana, não desdenho de falar contigo e assim manifesto meu amor e fortaleço tua santa fé.

Embora minha forma humana pareça estar aqui em tua frente e estar falando contigo, entretanto, é mais verdadeiro dizer que tua alma e tua consciência estão comigo e em mim. Nada nos Céus ou na Terra é impossível ou difícil para mim. Sou como um poderoso rei que chega a uma cidade com suas tropas e toma posse do lugar, ocupando-o completamente. Da mesma forma, teus membros se encherão com minha graça e serão fortalecidos. Eu estou dentro e fora de ti. Embora eu possa estar falando contigo, permaneço o mesmo em minha glória. O que poderia ser difícil para mim, que sustento todas as coisas com meu poder e organizo tudo com minha sabedoria, superando a tudo com excelência? Eu, que sou um único Deus junto com o Pai e o Espírito Santo, sem começo ou fim, que assumi a natureza humana pela salvação da humanidade, com minha natureza divina permanecendo intacta, que sofri, ressuscitei e ascendi ao Céu, estou agora verdadeiramente falando contigo.

Eu falei-te anteriormente sobre os cavaleiros que foram antes mais agradáveis a mim, porque foram unidos a mim através do laço da caridade. Eles se comprometeram através de seus juramentos a oferecerem seu corpo pelo meu corpo, seu sangue pelo meu sangue. É por isso que lhes dei meu consentimento, onde me uni a eles em um único laço e uma única companhia. Agora, entretanto, minha queixa é a de que estes cavaleiros, que deveriam pertencer a mim, voltaram-se contra mim. Eu sou seu Criador e Redentor, assim como seu ajudante. Criei um corpo com todos os membros para eles. Criei tudo no mundo para seu uso. Redimi-os com meu sangue. Adquiri uma herança eterna para eles através da minha paixão. Eu os protejo em todo perigo.

Agora, entretanto, eles se afastaram de mim. Eles tem minha paixão por nada, negligenciam minhas palavras que deveriam alegrar e nutrir suas almas. Desprezam-me, preferindo, com todo o coração e a alma, oferecer seus corpos e deixar que sejam feridos em troca de prazer humano, derramar seu sangue para satisfazer sua ambição, felizes em morrer em nome de um discurso mundano, diabólico e vazio. Mas ainda, embora tenham se afastado, minha misericórdia e justiça estão sobre eles. Eu misericordiosamente zelo por eles para que não sejam entregues ao demônio. Em justiça, sou paciente com eles e, se novamente se voltassem para mim, os receberia e alegremente correria para encontrá-los.

Diga àquele homem que quer pôr seus serviços de cavalaria a meu dispor que ele me agradará novamente através da seguinte cerimônia. Qualquer um que quiser ser cavaleiro deve seguir com seu cavalo e armadura até o pátio da Igreja e deixar seu cavalo lá, já que este não foi feito para o orgulho humano mas para ser útil na vida e na defesa, e na luta contra os inimigos de Deus. Então deixa que ele vista seu manto, colocando o fecho em sua testa, da maneira semelhante ao que um diácono faz quando veste sua estola como um sinal de obediência e santa paciência. Da mesma forma, ele pode vestir seu manto e colocar o fecho em sua testa como sinal de seus votos militares e de obediência tomada para a defesa da cruz de Cristo.

Um estandarte de governo secular deve ser carregado à sua frente, lembrando-o que deve obedecer a seu governo na terra em tudo aquilo que não é contra Deus. Uma vez que tenha entrado no pátio da Igreja, os sacerdotes devem sair para encontrá-lo com o estandarte da igreja. Neste, a Paixão e as feridas de Cristo devem estar pintadas como símbolo de que ele é obrigado a defender a Igreja de Deus e concordar com seus prelados. Quando ele entrar na Igreja, o estandarte do governo temporal deve permanecer fora da igreja enquanto o estandarte de Deus deve ir à sua frente para dentro da Igreja, como um sinal de que a autoridade divina precede a autoridade temporal e que uma pessoa deve cuidar mais das questões espirituais e do que das temporais.

Quando a Missa for rezada até o Agnus Dei, a autoridade presidente, isto é, o rei ou outra pessoa, deve dirigir-se ao cavaleiro no altar e dizer: “Queres tornar-te cavaleiro?” Quando o candidato responder “sim”, o outro deve acrescentar as palavras: “Promete a Deus e a mim que defenderás a fé da Santa Igreja e obedecerás a seus líderes nas coisas que pertencem a Deus!”

Quando o candidato responder “sim”, o outro deve colocar uma espada em suas mãos, dizendo: “Veja, deposito uma espada em tuas mãos para que não poupes mesmo a tua vida pela Igreja de Deus, para que possas subjugar os inimigos de Deus e proteger os amigos de Deus”. Então deve entregar a ele o escudo e dizer: “Veja, dou-te um escudo para que possas defender-te dos inimigos de Deus, para que possas oferecer assistência às viúvas e órfãos, de forma que possas aumentar a glória de Deus em todos os sentidos”. Então ele deve colocar sua mão sobre o pescoço do outro, dizendo: “Veja, agora estás sujeito à obediência e à autoridade. Saibas, então, que deves por em pratica aquilo que prometeste através de tua promessa!” Depois disso, o manto e seu fecho, deve ser ajustado nele para lembrá-lo diariamente de seus votos a Deus e que, por sua profissão perante a Igreja, ele comprometeu-se a fazer mais que outros para defender a igreja de Deus.

Uma vez feito tudo isto e o Agnus Dei rezado, o sacerdote que celebra a Missa deve dar-lhe meu corpo para que possa defender a fé da Santa Igreja. Estarei nele e ele em mim. Dar-lhe-ei ajuda e força, e o farei queimar com o fogo do meu amor de forma que não desejará nada a não ser Eu e não temerá nada a não ser a mim, seu Deus. Se acontecer dele estar em campanha quando prestar seus serviços por minha glória e defesa da minha fé, isto ainda o beneficiará, considerando que sua intenção é justa.

Estou em todos os lugares em virtude do meu poder, e todas as pessoas podem agradar-me por uma intenção justa e boa vontade. Eu sou amor, e ninguém pode vir a mim a não ser uma pessoa que tem amor. Então, não ordeno a ninguém que faça isso, pois nesse caso estariam me servindo por medo. Mas aqueles que querem tomar essa forma de serviço de cavalaria podem estar me agradando. Seria adequado para eles, mostrar através da humildade, que eles querem voltar ao verdadeiro exercício da cavalaria, já que através do orgulho, ocorre a deserção da profissão da verdadeira cavalaria.”

EXPLICAÇÃO

Acredita-se que este cavaleiro tenha sido Sir Karl, o filho de Santa Brígida.

Sobre Cristo simbolizado por um ourives e as palavras de Deus pelo ouro; sobre como estas palavras devem ser transmitidas às pessoas com o amor de Deus, uma reta consciência; seus cinco sentidos sob controle; e sobre como os pregadores de Deus devem ser diligentes e não preguiçosos ao vender o ouro, isto é, ao transmitir a palavra de Deus.

Clique aqui para ler mais.
As Profecias e Revelações de Santa Brígida da Suécia

Vídeos Grátis
www.Igreja-Catolica.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!