Santuario Nacional de Aparecida

Santuario Nacional de Aparecida

As palavras do Senhor na presença da esposa a respeito de sua própria majestade e uma maravilhosa parábola comparando Cristo a Davi, enquanto judeus, maus cristãos e pagãos são comparados aos três filhos de Davi, e sobre como a Igreja subsiste nos sete sacramentos.
Santuario Nacional de Aparecida

As palavras do Senhor na presença da esposa a respeito de sua própria majestade e uma maravilhosa parábola comparando Cristo a Davi, enquanto judeus, maus cristãos e pagãos são comparados aos três filhos de Davi, e sobre como a Igreja subsiste nos sete sacramentos.

Livro 2 - Capítulo 5
As Profecias e Revelações de Santa Brígida da Suécia


Eu sou Deus, não sou feito de pedra ou madeira, nem criado por outro que não seja o Criador do universo, permanecendo sem começo ou fim. Sou aquele que entrou na Virgem e esteve com a Virgem sem perder minha divindade. Através de minha natureza humana estive na Virgem ainda retendo minha divina natureza, e Eu sou a mesma pessoa que, através de minha natureza divina, continuou a reinar sobre o Céu e a Terra junto com Pai e o Espírito Santo. Através de meu Espírito, Eu incendiei a Virgem, não no sentido de que o Espírito que a incendiou tivesse sido algo separado de mim, mas o Espírito que a incendiou foi o mesmo que estava no Pai e em mim, o Filho, assim como o Pai e o Filho estavam nele, os três sendo um só Deus, não três Deuses.

Eu sou como o Rei Davi que teve três filhos. Um deles se chamava Absalão, que queria a vida de seu pai. O segundo, Adonias, buscou o reino de seu pai. O terceiro filho, Salomão, obteve seu reino. O primeiro filho designa os judeus. São as pessoas que buscaram minha vida e morte e desprezaram meu conselho. Consequentemente, agora que seu castigo é conhecido, posso dizer o mesmo que Davi disse quando da morte de seu filho: “Meu filho, Absalão!” ou seja, Ó meus filhos judeus, onde está sua ânsia e expectativa agora? Ó meus filhos, qual será seu fim agora? Senti compaixão por vocês, pois ansiaram por minha chegada – por mim, aquele que vocês souberam por muitos sinais que chegaria – e porque vocês ansiaram pela glória que se esvai rapidamente, a qual já se esvaiu toda. Mas agora eu sinto uma compaixão maior por vocês, como Davi repetindo essas primeiras palavras várias vezes, porque eu vejo que terminarão em uma morte desprezível.

Assim, novamente como Davi, digo com todo o meu amor: “Meu filho, quem me deixará morrer em seu lugar?” Davi bem sabia que não podia trazer de volta seu filho morto através de sua própria morte, mas, a fim de demonstrar seu profundo afeto paterno e a saudade ansiosa de sua vontade, mesmo sabendo que era impossível, estava preparado para morrer no lugar de seu filho. Da mesma maneira, eu agora digo: Ó meus filhos judeus, embora tenham má-vontade comigo e tenham feito o que puderam contra mim, se isso fosse possível e se meu Pai permitisse, eu de boa vontade morreria mais uma vez por vocês, pois tenho pena da miséria que causaram a si mesmos como exigido pela justiça. Eu lhes disse o que tinha de ser feito por minhas palavras e lhes mostrei por meu exemplo. Coloquei-me a frente de vocês como uma galinha lhes protegendo com asas de amor, mas vocês rejeitaram isso tudo. Portanto, todas as coisas que vocês esperavam lhes escaparam. Seu fim é a miséria e todo o seu trabalho foi desperdiçado.

Maus cristãos são denotados pelo segundo filho de Davi que pecou contra seu pai em sua velhice. Ele raciocinou da seguinte forma: “Meu pai é um velho e com força enfraquecida. Se digo algo errado a ele, ele não responde. Se faço contra ele qualquer coisa, ele não se vinga. Se o ataco, ele suporta pacientemente. Portanto, farei o que eu quiser”. Com alguns criados de seu pai Davi, seguiu até um bosque com poucas árvores para brincar de ser rei. Porém, quando o conhecimento e intenção de seu pai ficaram evidentes, ele mudou seu plano e aqueles que estavam com ele caíram em descrédito.

Isto é o que os cristãos estão fazendo para mim agora. Eles pensam consigo mesmos: “Os sinais e decisões de Deus não são mais manifestos agora como foram antes. Podemos dizer o que desejamos, já que ele é misericordioso e não presta atenção. Deixe-nos fazer o que nos agrada, já que ele permite facilmente”. Eles não têm fé no meu poder, como se Eu fosse mais fraco agora em realizar minha vontade do que antes.

Eles imaginam que meu amor é menor, como se não estivesse mais desejando que haja misericórdia deles como foi com seus pais. Também pensam que meu julgamento é algo de que se possa rir e minha justiça sem sentido. Assim, eles também vão até um bosque com criados de Davi para brincar de ser reis com presunção. O que esse bosque com poucas árvores simboliza, se não a Santa Igreja que sobrevive através dos sete sacramentos como se fosse através de poucas árvores? Eles entram na Igreja com alguns dos criados de Davi, ou seja, com algumas boas obras, para ganhar o Reino de Deus com presunção.

Realizam um número modesto de boas obras, confiantes de que por meio delas, não importa em que estado de pecados estão ou que pecados tenham cometido, ainda podem ganhar o reino dos céus como pelo direito hereditário. O filho de Davi quis obter o reino contra a vontade de seu pai, mas foi banido em desgraça, na medida em que ambos, ele e sua ambição, eram injustos, e o reino foi dado a um homem melhor e mais sábio. Da mesma forma, essas pessoas também serão banidas de meu reino.

Ele será oferecido àqueles que fazem a vontade de Davi, já que apenas uma pessoa que tem caridade pode obter meu Reino. Somente uma pessoa que é pura e conduzida pelo meu coração pode aproximar-se de mim, que sou o mais puro de todos.

Salomão foi o terceiro filho de Davi. Ele representa os pagãos. Quando Batseba ouviu que alguém que não era Salomão - a quem Davi havia prometido ser rei depois dele - havia sido eleito por certas pessoas, ela dirigiu-se a Davi e disse: “Meu senhor, você jurou para mim que Salomão seria rei depois de ti. Agora, entretanto, outra pessoa foi eleita.

Se este é o caso e vai nessa direção, eu terminarei sentenciada ao fogo como uma adúltera e meu filho será considerado ilegítimo”. Quando Davi ouviu isso, levantou-se e disse: “Eu juro por Deus que Salomão sentará em meu trono e me sucederá como rei”. Ele então ordenou que seus criados pusessem Salomão no trono e que proclamassem rei o homem escolhido por Davi. Eles executaram as ordens de seu senhor e elevaram Salomão ao poder máximo, e todos aqueles que haviam dado voto a seu irmão foram dispersos e reduzidos à servidão. Batseba, que teria sido considerada uma adúltera se outro rei fosse eleito, representa nada mais que a fé dos pagãos.

Nenhum tipo de adultério é pior do que se vender à prostituição longe de Deus e da verdadeira fé, acreditando em um deus diferente do Criador do universo. Assim como Batseba fez , alguns pagãos vêm a mim com corações humildes e arrependidos, dizendo: “Senhor, tu prometeste que no futuro seríamos cristãos. Cumpra tua promessa! Se outro rei, se outra fé diferente da tua predominar sobre nós, se te afastares de nós, queimaremos em dor e morreremos como adúlteras que tomaram um adultero no lugar de um marido legal. Além disso, embora vivas para sempre, no entanto, morrerás para nós e nós para ti no sentido de que tu removerás tua graça de nossos corações e nós nos poremos contra ti devido à nossa falta de fé. Assim, cumpra tua promessa, fortaleça nossa fraqueza e ilumine nossa escuridão! Se tu demorares, se te afastares de nós, pereceremos”. Depois de ouvir isso, eu me levantarei como Davi através de minha graça e misericórdia.

Eu juro por minha natureza divina, que está junto à minha humanidade, e por minha natureza humana, que está no meu Espírito, e por meu Espírito, que está em minha natureza divina e humana, esses três sendo não três deuses mas um só Deus, que cumprirei minha promessa. Enviarei meus amigos para trazer meu filho Salomão, isto é, os pagãos, para dentro do bosque, isto é, para a Igreja, que subsiste através dos sete sacramentos, como através de sete árvores (nomeadas batismo, penitência, confirmação, sacramento do altar, do sacerdócio, matrimônio e extrema-unção). Eles terão seu repouso sobre meu trono, isto é, na verdadeira fé da Santa Igreja.

Além disso, os maus cristãos se tornarão seus criados. Os primeiros encontrarão sua alegria em uma herança eterna e no doce alimento que lhes prepararei. Os últimos, entretanto, gemerão na miséria que começará para eles no presente e durará para sempre. E assim, já que ainda é tempo de vigilância, que meus aliados não durmam, que não se cansem, pois uma recompensa gloriosa os espera por seus trabalhos!”

As palavras do Senhor na presença da esposa em relação a um rei que se encontra em um campo de batalha com amigos à sua direita e inimigos à sua esquerda; sobre como o rei representa Cristo, com os cristãos à direita e pagãos à esquerda, e sobre como os cristãos são rejeitados e ele envia seus pregadores aos pagãos.

Clique aqui para ler mais.
As Profecias e Revelações de Santa Brígida da Suécia

Vídeos Grátis
www.Igreja-Catolica.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!