Terceiro Segredo de Fatima

O Terceiro Segredo de Fatima

Santo Antonio Maria Claret - “À exceção de muito poucos, todos os fiéis em breve tempo perderão a fé e a caridade, verificando-se então a apostasia quase geral de que fala o Apóstolo em sua segunda carta aos de Tessalônica: ‘Porque isto [o Dia do Senhor] não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniquidade, o filho da perdição’” (2Ts 2-3)
O Terceiro Segredo de Fatima

Com respeito ao Terceiro Segredo de Fátima, o "Cardeal" Silvio Oddi diz: "Não tem nada a ver com Gorbachev. A Santíssima Virgem estava a avisar-nos contra a apostasia na Igreja."

O "Cardeal" Ciappi disse: "no Terceiro Segredo é predito, entre outras coisas, que a Grande Apostasia na Igreja começará pelo cimo".


Na primeira parte do Segredo de Fátima, Nossa Senhora mostrou-lhes a visão de muitas almas no Inferno, torturadas por demónios e ardendo no fogo "entre gritos e gemidos de dor e desespero" que fizeram as três crianças "estremecer de pavor". Ela disse-nos que, nos nossos dias, muitas almas vão para lá, e o que devíamos fazer para não nos acontecer o mesmo.

Na segunda parte do Segredo, a linda Senhora falou-lhes dos perigos que enfrenta toda a Cristandade e, portanto, cada cidadão de qualquer país do mundo. Disse-lhes que os bons seriam martirizados, que nações inteiras seriam aniquiladas, e que todo o mundo que restasse seria tiranizado por homens sem Deus que nos dominariam a todos, incluindo os Estados Unidos da América.

Mas a terceira parte do Segredo é uma profecia referente à parte mais terrível, a parte que está hoje a acontecer perante os nossos olhos, a parte que predizia a apostasia na "Igreja", a parte que ainda é pior que a segunda, acima descrita.

OS ÚLTIMOS TEMPOS

A Irmã Lúcia - “Senhor Padre, a Santíssima Virgem não me disse que estamos nos últimos tempos do mundo, mas fez-mo compreender por três razões.”

“A primeira razão é porque Ela disse-me que o demónio está travando uma batalha decisiva contra a Santíssima Virgem. E uma batalha decisiva é a batalha final, em que um lado será vencedor e o outro lado sofrerá uma derrota. Assim, a partir de agora devemos escolher o nosso lado. Ou somos por Deus ou somos pelo demónio. Não há outra possibilidade.”

“A segunda razão é porque Ela disse aos meus primos, como também a mim, que Deus está a oferecer os dois últimos remédios ao mundo. São eles o Rosário e a devoção ao Imaculado Coração de Maria. São os dois últimos remédios, o que significa que não haverá outros.”

“A terceira razão é porque, nos planos da Divina Providência, Deus esgota todos os outros remédios antes de castigar o mundo. Mas quando Ele vê que o mundo não presta qualquer atenção, então – como dizemos na nossa maneira imperfeita de falar – oferece-nos com ‘temor certo’ o último meio de salvação, a Sua Santíssima Mãe. E é com ‘temor certo’ porque, se desprezarmos e repelirmos este último meio, não teremos mais nenhum perdão do Céu, porque teremos cometido um pecado a que o Evangelho chama pecado contra o Espírito Santo. Este pecado consiste em rejeitar abertamente, com pleno conhecimento e consentimento do acto, a salvação que Ele nos oferece. Recordemos que Jesus Cristo é um Filho muito dedicado, e que não permite que ofendamos e desprezemos a Sua Santíssima Mãe. Ao longo de muitos séculos da história da Igreja, recolhemos o testemunho certo que demonstra, através dos castigos terríveis que caíram sobre os que atacaram a honra da Sua Santíssima Mãe, como Nosso Senhor Jesus Cristo sempre defendeu a honra da Sua Mãe.”

A Irmã Lúcia disse-me: “Os dois meios para a salvação do mundo são a oração e o sacrifício.”

A respeito do Rosário, a Irmã Lúcia disse: “Repare, Senhor Padre, que a Santíssima Virgem, nestes últimos tempos em que vivemos, deu uma nova eficácia à recitação do Rosário. E deu-nos esta eficácia de tal maneira que não há problema temporal ou espiritual, por mais difícil que seja, na vida pessoal de cada um de nós, das nossas famílias, das famílias do mundo ou das comunidades religiosas, ou mesmo da vida dos povos e nações, que não possa ser resolvido pelo Rosário. Não há problema, afirmo-lhe, por mais difícil que seja, que não possamos resolver rezando o Rosário. Com o Rosário, salvar-nos-emos. Santificar-nos-emos. Consolaremos a Nosso Senhor e obteremos a salvação de muitas almas.”

“Finalmente, a devoção ao Imaculado Coração de Maria, nossa Mãe Santíssima, consiste em considerá-La como fonte de misericórdia, de bondade e de perdão, e como a porta segura pela qual entraremos no Céu.”

Santo Antonio Maria Claret - “À exceção de muito poucos, todos os fiéis em breve tempo perderão a fé e a caridade, verificando-se então a apostasia quase geral de que fala o Apóstolo em sua segunda carta aos de Tessalônica: ‘Porque isto [o Dia do Senhor] não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniquidade, o filho da perdição’” (2Ts 2-3)

Terceiro Segredo de Fatima

Foi em Julho ou Agosto de 1941, no seu terceiro ensaio, que a Irmã Lucia mencionou por primeira vez a divisão do segredo de Fátima em três partes distintas.

"O segredo está composto de três assuntos distintos," escreve ela, "e eu divulgarei dois deles." O primeiro é a visão do inferno e a designação do Coração Imaculado de Maria como o remédio supremo para a salvação das almas. “Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção a Meu Imaculado Coração.” O segundo é a profecia formidável que diz respeito à paz milagrosa que Deus deseja outorgar ao mundo através da consagração da Rússia ao Coração Imaculado de Maria, e da práctica de Comunhões de Reparação no primeiro sábado de cada mês. “Se atenderem a Meus pedidos, a Rússia se converterá, e terão paz”. E existe também o anúncio de castigos terríveis se as pessoas persistem em não obedecer aos seus pedidos. Enquanto à terceira parte do segredo, em 1941, a Irmã Lucia declarou que por então não estava autorizada para a revelar.

O relato dramático da escritura e da trasmissão desta mensagem vital começa em 1943. A hora da providência tinha chegado. A Irmã Lucia vivia nessa época no Convento das Irmãs Dorotianas de Tuy, em Espanha. Em Julho de 1943 adoeceu súbita e gravemente. A sua condição era tão alarmante que o Bispo da Silva, o Bispo de Leiria em Fátima, ficou preocupado. Temeu que ela falecesse antes de revelar o terceiro segredo de Nossa Senhora e sentiu que a sua morte seria a perda de uma benevolência excepcional para a Igreja. O Cônego Galamba, amigo e conselheiro do bispo, então sugeriu uma ideia extremamente judiciosa, que ao mínimo pedisse à Irmã Lucia que escrevesse, sem demora, o texto do terceiro segredo e que então o colocasse num envelope selado com cera, para ser aberto mais tarde.

Determinando que o Bispo da Silva persistia em não desejar abrir o envelope, a Irmã Lucia o "fez prometer," nas palavras do Cônego Galamba, "que o terceiro segredo seria aberto e lido ao mundo, ou após a sua morte ou em 1960, o que acontecesse primeiro." Uma série de testemunhos que nos dão um relato das declarações repetidas da Irmã Lucia permitiram que este fato fôsse establecido com certidão absoluta.

Finalmente, esta promessa de divulgar o segredo imediatamente após a morte da Irmã Lucia ou, em todo caso, "o mais tardar em 1960," seguramente corresponde a um pedido da própria Virgem Maria. De fato, quando, em 1946, o Cônego Barthas preguntou à vidente por que seria necessário esperar até 1960, a Irmã Lucia respondeu na presença do Bispo da Silva: "porque a Santa Virgem assim quer."

Em poucas palavras, estableci solidamente, e temos todas as provas, que Deus desejava, por sua vontade, que o segredo final de Nossa Senhora fosse acreditado por os pastores da Igreja e feito público aos crentes. Isto era para ser feito ou tão cedo como 1944 ou tão tarde como 1960, porque como explicou em mais detalhe a Irmã Lucia, "Viria a ser mais claro nessa altura."

"Cardeal" Oddi: O que é que aconteceu em 1960 que podia ser relacionado com o Segredo de Fátima? O acontecimento mais importante é, sem dúvida, o início da fase preparatória do Concílio Vaticano II. Por isso, não me surpreenderia se o Segredo tivesse alguma coisa a ver com a convocação do Vaticano II...

O "Cardeal" Ciappi disse: "no Terceiro Segredo é predito, entre outras coisas, que a Grande Apostasia na Igreja começará pelo cimo".

Com respeito ao Terceiro Segredo de Fátima, o "Cardeal" Silvio Oddi diz: "Não tem nada a ver com Gorbachev. A Santíssima Virgem estava a avisar-nos contra a apostasia na Igreja."

Nossa Senhora de La Salette profetizou: “…a Igreja estará em eclipse … Roma perderá a Fé e se tornará o assento do Anticristo.” Conforme Anna Catherine Emmerick disse, “Eles [os fiéis] devem rezar sobre todos para a Igreja da Escuridão deixar Roma.”

Lucas 18:8 - “Mas a questão é esta: Quando eu, o Filho do Homem, voltar, quantas pessoas encontrarei que tenham fé?”


The Heresies in Vatican Council II.

Vídeos Grátis
www.Igreja-Catolica.com
DVDs, Artigos e Livros Gratis!
FREE DVDs & VIDEOS
WATCH & DOWNLOAD ALL OUR DVDs & VIDEOS FOR FREE!